sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Sentir(es) o Natal…

Sentir o Natal é partilhar e dar-se ao Outro nem que seja, apenas, em pensamento...
Sentir o Natal é dar o abraço que faz o Outro estremecer de alegria, de amor, de amizade!
Sentir o Natal é sentir-se em família, em união!
Sentir o Natal é abrir as portas do coração que é um tesouro que se coloca no mais pequenino gesto!

Foi com os livros “Ninguém dá prendas ao Pai Natal”, de Ana Saldanha, "Feliz Natal Lobo Mau", de Clara Cunha e “No meu coração pequenino”, de Christine Roussey que os alunos do pré-escolar e 1º ciclo da Escola Básica de Fragosela sentiram o espírito de Natal, no passado dia 9, participando na Biblioteca em sessões de animação de leitura, de forma entusiástica. O mesmo aconteceu na Escola Básica Mestre Arnaldo Malho, no dia 16.




















No final, cada criança/aluno deu identidade e sentimento a um coração pequenino que lhe foi distribuído.

                             O sentir(es) dos meninos de Fragosela!




O sentir(es) dos meninos da Escola Básica Mestre Arnaldo Malho!




Sem comentários:

Publicar um comentário